Cuidado, levantamentos de dados e enquetes não são pesquisas. Se pretende pesquisar faça a coisa certa - Parte II

Francisco Ferraz
Publicado em: 26/01/2016

Assente então o tipo de pesquisa que pode lhe interessar como candidato cabe perguntar: Mas qual o conteúdo da pesquisa? O que você pretende pesquisar?

Você não vai contratar uma pesquisa apenas para saber quais as intenções de voto dos eleitores, a menos que sua campanha possa fazer esta despesa, sem prejuízo das demais atividades. Este tipo de pesquisa de opinião costuma ser feita pelos veículos de comunicação, principalmente nas cidades de tamanho médio e grande, e basicamente para campanhas majoritárias para cargos executivos.

Muito mais do que conhecer a intenção de voto do eleitor, você vai querer saber as razões daquela intenção, o seu grau de cristalização (isto é de permanência), qual a sua direção na hipótese de mudança de intenção, quais os principais sentimentos do eleitor, suas prioridades, rejeição e outras, neste mesmo grau de profundidade.

Sua pesquisa, então, deverá estar focada no objetivo de conhecer e entender os sentimentos, valores, disposições dos eleitores, assim como a opinião deles naqueles assuntos que serão centrais na campanha, e as razões pelas quais têm aquelas opiniões.

Este texto pertence a uma coluna com acesso restrito, para continuar lendo cadastre-se e escolha entre um dos planos de assinatura.

Assine Aqui

Já sou assinante

Informe seus dados abaixo para continuar.



Esqueci minha senha

 

COMPARTILHAR

Área do usuário:

E-mail

Senha

> Esqueci minha senha

> Quero me cadastrar

Curta nossa página no Facebook Siga-nos

Opinião do leitor

É... não conhecia o site. Porém, gostei do Políticas para Políticos. O site está sendo o meu café da manhã. Parabéns!

Francisco Edmilson Alves
Acopiara - CE

Leia mais >>