COMPARTILHAR
Capa > Variedades > Humor Político

O professor Jânio


Publicado em: 02/06/2013

Jânio Quadros não poupava nada nem ninguém. Quando professor de português e geografia do Colégio Dante Alighieri, tradicional reduto de ricas famílias paulistanas, Jânio não era dos mestres mais populares entre os alunos. Era exigente demais e fazia  críticas mordazes aos alunos, que prepararm ficavam sempre tentando se vingar.

Dizem que um dia, ao chegar para uma aula de português, o professor Quadros entrou na sala e, na primeira olhada em sua mesa, deu com um magro e já amarelado feixe de capim sobre o tampo. Olhou-o, fingindo não tê-lo percebido, e sentou-se. E ali, em sua cadeira, permaneceu no mais rigoroso silêncio por alguns minutos. Um silêncio que a todos constrangia, já que, contrariando seus hábitos, o mestre sequer fez a chamada.

Passados alguns minutos de pesado silêncio, Jânio Quadros, levantou-se e, olhando severamente, disse com a maior delicadeza que lhe foi possível: “Bem, meninos, vamos fazer a chamada e começar à nossa aula de hoje. Antes, solicito ao rapaz que esqueceu a sua merenda sobre a mesa, que venha buscá-la, para que possamos dar início aos nossos trabalhos”. (http://casadomaribondo.blogspot.com.br/2010/03/o-humor-de-janio-quadros.html)

COMPARTILHAR

Área do usuário:

E-mail

Senha

> Esqueci minha senha

> Quero me cadastrar

Curta nossa página no Facebook Siga-nos

Opinião do leitor

É muito rico o conteúdo que tive oportunidade de explorar até agora no site.

Francisco Rabelo
Fortaleza - CE

Leia mais >>