Maquiavel foi maquiavélico?

Francisco Ferraz
Publicado em: 04/08/2017

“... seria bom para um príncipe ser considerado liberal (generoso); entretanto, liberalidade, como é comumente conhecida acabaria prejudicando-o, porque, se usada virtuosamente e da forma correta, não seria conhecida dos que dela se beneficiam, e o príncipe terminaria por incorrer na desgraça do defeito que a ela se opõe (mesquinhez) ”
(Maquiavel – O Príncipe Cap. XVI)
<

Esse parágrafo do Príncipe contém a chave para se entender as razões pelas quais Maquiavel costuma ser chamado de “maquiavélico” ! A continuação do texto acima citado deixará evidente o argumento central da teoria política de Maquiavel: a falta de articulação, coerência e hierarquia entre as diferentes dimensões da existência humana.

Rompia Maquiavel com o pensamento dominante da Idade Média, consolidado de forma genial e definitiva, na Suma Teológica de Sto. Tomás de Aquino e na filosofia escolástica, que, pelos séculos vindouros, seria o “código” da ortodoxia do pensamento cristão.

Essa ortodoxia assentava-se no princípio conhecido como “A Grande Corrente do Ser”. O universo era penetrado por uma ordem hierárquica que vinha de Deus, na sua cúpula, até o mais inferior dos seres, na sua base. Cada ser agindo de acordo com a pressão interna de sua própria natureza, buscando o bem ou a forma de perfeição característica da sua espécie.

Este texto pertence a uma coluna com acesso restrito, para continuar lendo cadastre-se e escolha entre um dos planos de assinatura.

Assine Aqui

Já sou assinante

Informe seus dados abaixo para continuar.



Esqueci minha senha

 

COMPARTILHAR

Área do usuário:

E-mail

Senha

> Esqueci minha senha

> Quero me cadastrar

Curta nossa página no Facebook Siga-nos

Opinião do leitor

Coincidência ou não, fiquei extremamente contente ao tomar ciência de que algumas de minhas sugestões, como as leituras básicas para o político, foram incorporadas ao site. A distribuição dos assuntos ficou muito mais prática e atual, tendo em vista as próximas eleições. Apenas achei que a localização dos assuntos já publicados ficou um tanto quanto complicada. De resto, melhorar o site, que parecia impossível, foi feito com muito sucesso e bom gosto. Parabéns!

Rodrigo dos Santos
Viamão - RS

Leia mais >>