Pesquisa qualitativa I: estrutura do grupo

Francisco Ferraz
Publicado em: 16/08/2016

No marketing comercial, a pesquisa qualitativa é usada para testar a reação do público, antes do lançamento do produto. Sua utilidade está em testar não apenas o produto em si, como seus atributos e acessórios (nome, marca,cor, embalagem, slogan, etc). A pesquisa qualitativa foi introduzida no moderno marketing político, como um instrumento fundamental, ao lado das pesquisas quantitativas, e com elas articuladas, para orientar a estratégia da campanha.

A estrutura básica da pesquisa qualitativa é a reunião, em torno de uma mesa de 8 a 12 pessoas com um moderador que dirige as discussões em torno dos temas propostos pelo contratante. As pessoas são escolhidas de acordo com os critérios que orientam a pesquisa. Os principais critérios gerais são sexo, idade, renda, educação e região/bairro. A estes critérios somam-se, como "filtros", questões de natureza mais especificamente política.

Em geral, empresas especializadas que possuem salas para a realização das reuniões, buscam no seu cadastro pessoas com o perfil desejado, que passam pelos "filtros" estabelecidos, para constituir o grupo de discussão. A qualidade da pesquisa qualitativa começa nesta seleção de participantes. Quem contrata o serviço deve saber com clareza que segmento social lhe interessa reunir, e quais os "filtros" que precisa adotar para obter resultados aproveitáveis.

Este texto pertence a uma coluna com acesso restrito, para continuar lendo cadastre-se e escolha entre um dos planos de assinatura.

Assine Aqui

Já sou assinante

Informe seus dados abaixo para continuar.



Esqueci minha senha

 

COMPARTILHAR

Área do usuário:

E-mail

Senha

> Esqueci minha senha

> Quero me cadastrar

Curta nossa página no Facebook Siga-nos

Opinião do leitor

Quero destacar a importância do site para divulgação e propagação de temas políticos com desenvoltura.

Ibanes de Oliveira
São Leopoldo - RS

Leia mais >>