Comercial Lama II: a terceira via.

Francisco Ferraz
Publicado em: 04/05/2017

O formato "lama" para comerciais é usado fartamente nos EUA, desde a década de 80. O comercial que será apresentado é particularmente interessante porque, ao usar o conhecido expediente de "jogar lama", patrocina uma estratégia própria, ao estilo terceira via.

Na disputa primária para a escolha do candidato democrata ao Senado, pelo estado de Wisconsin, Russ Feingold concorria contra dois adversários que estavam à sua frente. Não apenas estavam à sua frente, como polarizavam a eleição e ameaçavam marginalizar a candidatura de Feingold.

Feingold posicionou sua candidatura como uma alternativa aos dois, propondo assim uma terceira via aos eleitores. O que havia em comum aos dois, e inexistia em Feingold, era o tipo de candidatura negativa, feita de ataques, acusações e denúncias. Feingold posicionou sua candidatura mais pelo método de fazer política do que pelo confronto de propostas.

Ele mostrou que, enquanto seus adversários gastavam seu tempo atacando-se mutuamente, fazia uma campanha positiva, com propostas.

Este texto pertence a uma coluna com acesso restrito, para continuar lendo cadastre-se e escolha entre um dos planos de assinatura.

Assine Aqui

Já sou assinante

Informe seus dados abaixo para continuar.



Esqueci minha senha

 

COMPARTILHAR

Área do usuário:

E-mail

Senha

> Esqueci minha senha

> Quero me cadastrar

Curta nossa página no Facebook Siga-nos

Opinião do leitor

Acompanho este site há tempos. Acesso os especiais históricos e a história dos partidos políticos no Brasil. Vocês representam um exemplo a ser seguido, no que tange a temas políticos brasileiros.

Antonio Fouto Dias
Mirassol - SP

Leia mais >>