COMPARTILHAR
Capa > Cultura > Discursos Célebres

A ferro e sangue: O discurso de Bismarck em 1862.

Francisco Ferraz
Publicado em: 14/10/2016

O discurso de Bismarck, que concluía com a expressão "a ferro e sangue", tornou-se justamente célebre como antecipação da política militarista alemã do fim do século XIX e início e meados do século XX. Pronunciado em 1862, em meio a um severo conflito entre a monarquia absoluta e um parlamento que pretendia torná-la representativa e limitada, significou o gesto de reação monárquica àquela situação, a quebra do poder parlamentar e o começo da formação de um exército moderno na Prússia, com o qual, a tão sonhada unificação alemã seria concretizada 8 anos mais tarde.

A Alemanha em 1862

Quando o Parlamento de Frankfurt (1848) foi extinto, a liderança do movimento pela unificação da Alemanha passou dos liberais de classe média para os aristocráticos militaristas da Prússia, cujo objetivo principal era a formação de um poderoso exército. O conflito entre o Rei Guilherme e o Parlamento, que, em 1862, paralisara o governo alemão, concentrava-se na questão do serviço militar e dos gastos militares.

Os parlamentares se opunham à regra de 3 anos de serviço militar e ao aumento das despesas militares. O Rei, que considerava prerrogativa sua o controle e administração das forças armadas, não admitia qualquer concessão. A situação agravou-se a tal ponto que o Rei preparou-se para abdicar ao trono, entregando-o ao filho e herdeiro.

Este texto pertence a uma coluna com acesso restrito, para continuar lendo cadastre-se e escolha entre um dos planos de assinatura.

Assine Aqui

Já sou assinante

Informe seus dados abaixo para continuar.



Esqueci minha senha

 

COMPARTILHAR

Área do usuário:

E-mail

Senha

> Esqueci minha senha

> Quero me cadastrar

Curta nossa página no Facebook Siga-nos

Opinião do leitor

Gostaria de parabenizar o site "Política para Políticos", pois é de grande valia para o aperfeiçoamento de tantos quantos se interam dos conhecimentos da vida pública e política.

Reinalice Souza
Jacobina - BA

Leia mais >>