Tentar combater a emoção com a razão

Francisco Ferraz
Publicado em: 02/10/2014

É uma batalha perdida por antecipação. Nas eleições, os sentimentos costumam ser mais fortes que a razão. Em abstrato, uma campanha eleitoral seria uma disputa racional. Candidatos racionais propondo seus melhores projetos, e eleitores racionais avaliando, comparando e escolhendo aquele candidato que apresentou a melhor proposta de governo.

Em abstrato, repita-se. No mundo real, a situação apresenta-se muito mais complexa e contraditória. As pessoas que dão vida à política, seja na condição de candidatos, seja na de eleitores, levam para ela sentimentos muito fortes como: esperanças, expectativas, temores, insegurança, defesa e/ou promoção de interesses pessoais ou associativos, ambição, etc.

Mais que isto, a natureza competitiva e lúdica da política, particularmente das eleições, reestrutura estas pessoas em grupos antagônicos (partidos, correntes partidárias, ideologias, interesses). Como não é possível que todos consigam, simultânea e conjuntamente, o que desejam da política, alguns conquistarão mais que outros, ou até mesmo, alguns conseguirão o que querem e outros não conseguirão nada.

O cientista político Harold Lasswell definiu política, nesta ótica, com a célebre frase: "Who gets what, when, how" (quem consegue o que, quando, como). A resposta a esta indagação revelaria o padrão de poder dentro de um grupo ou sociedade.

Este texto pertence a uma coluna com acesso restrito, para continuar lendo cadastre-se e escolha entre um dos planos de assinatura.

Assine Aqui

Já sou assinante

Informe seus dados abaixo para continuar.



Esqueci minha senha

 

COMPARTILHAR

Área do usuário:

E-mail

Senha

> Esqueci minha senha

> Quero me cadastrar

Curta nossa página no Facebook Siga-nos

Opinião do leitor

Há mais de dois anos que recebo boletins seus, todos de alta qualidade, com muita informação. Na última eleição de prefeito, usei alguns de seus ensinamentos. Nosso candidato tinha 86% de rejeição, mas conseguimos ganhar eleição. Agora pretendo ser candidato a prefeito.

José Aparecido dos Santos
Dracena - SP

Leia mais >>