Os eleitores Indecisos.

Francisco Ferraz
Publicado em: 27/06/2016

Parece não haver limites para as ilusões que os candidatos nutrem pelos eleitores indecisos. Para eles, enquanto houver eleitores indecisos a eleição não está perdida (o que é apenas parcialmente verdadeiro).

Os indecisos são vistos como uma reserva represada de votos decisivos que, em algum momento da campanha, se definirão. Cada candidato faz a sua estimativa (mais ou menos otimista) do quanto vai abocanhar deste segmento do eleitorado.

Não são poucos os candidatos que no dia da eleição, mesmo com pesquisas que atestam sua inviabilidade eleitoral, aguardam ansiosos os resultados, na expectativa do desembarque de um "contingente salvador" de eleitores que eram indecisos.

Os indecisos são, na verdade, um fantasma que paira sobre a campanha do início ao fim. Como tal, é preciso saber lidar com este "imponderável" corretamente, para poder saber quem são eles, como atingi-los, e quantos deles, razoavelmente, poderão vir a votar no candidato.

Este texto pertence a uma coluna com acesso restrito, para continuar lendo cadastre-se e escolha entre um dos planos de assinatura.

Assine Aqui

Já sou assinante

Informe seus dados abaixo para continuar.



Esqueci minha senha

 

COMPARTILHAR

Área do usuário:

E-mail

Senha

> Esqueci minha senha

> Quero me cadastrar

Curta nossa página no Facebook Siga-nos

Opinião do leitor

Parabenizo os produtores desta página pela excelência dos fatos esclarecedores e atualizados, que faz com que me mantenha bem informado do que ocorre em nosso país. Desejo que deus lhes de muita, força e saúde no próximo ano dando continuidade a este maravilhoso trabalho. Um abraço.

Moacir de Souza e Silva
Arroio dos Ratos - RS

Leia mais >>